série matemática 7: a natureza pelos números

Setembro 20, 2010 § 4 comentários

Um pouco de beleza para começar a semana, com filme que vi lá no blog da Miriam Salles e me lembrou o que inspirou o início deste blog:

Para saber mais sobre a teoria que está por trás desta animação inspirada em números, geometria e natureza, visite o site do autor (Cristóbal Vila). Há uma mini aula de matemática para cada plano: a Sequência de Fibonacci, a Proporção áurea e as Teselações (?) os Mosaicos de Voronoi em explicações didáticas e ricamente ilustradas. [atualização em 02/11/2010: tradução corrigida após ajuda do Carlos nos comentários – obrigada!]

Veja os demais posts da série matemática aqui.

funcionário do semestre: Jacob Palis

Setembro 11, 2010 § 4 comentários

Mineiro de Uberaba, Jacob Palis mudou-se para o Rio de Janeiro no final dos  anos 50 para graduar-se em engenharia pela Universidade do Brasil (hoje UFRJ). A paixão pela matemática estendeu-se para um doutorado na UCLA em Berkeley sob orientação de ninguém menos que Stephen Smale.

Entre os relativamente poucos e ótimos matemáticos brasileiros da época um bom percentual deles tinha feito engenharia. Isso era um fenômeno comum na época – as pessoas faziam engenharia e no meio do caminho descobriam a física, a matemática, a química…

De volta ao Brasil, Palis tornou-se professor no Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, no Rio de Janeiro, desde 1973, tendo já sido diretor desta instituição. É, também, o atual presidente da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (TWAS).

Seu foco de estudo são os sistemas dinâmicos (relacionados a fenômenos que evoluem no tempo, como o clima e os sistemas planetários). O matemático tem especial apreço pela teoria dos sistemas caóticos, que são aqueles em que há certo grau de incerteza (são sensíveis às condições iniciais e a dificuldade de fazer previsões é grande).

No início deste ano, por ocasião da celebração de seus 70 anos, o IMPA organizou a Conferência Internacional de Sistemas Dinâmicos. Agora Palis recebeu o Prêmio Balzan 2010, complementando tantas outras premiações com que já foi agraciado (veja a lista em seu CV Lattes – é impressionante!). Um dos mais importantes prêmios científicos europeus foi concedido pela primeira vez a um brasileiro, que terá a incumbência de destinar ao menos metade do valor do prêmio para o desenvolvimento de pesquisas “preferencialente envolvendo jovens pesquisadores e estudantes”. Para quem já é conhecido por sua extensa lista de orientandos, sem dúvida será um prazer!

Talentos precisam ser desenvolvidos como num casulo, protegidos e incentivados. Acho impossível o país avançar sem isso. É importante criar sistemas que detectem os grandes talentos, certificando-os com testes e cursos. Essa dinâmica vale para todas as áreas, não apenas para a matemática. Vale para as ciências e as engenharias. O talento pode ser observado muito cedo.

Boas fontes de informação disponíveis na web sobre o matemático e seu trabalho:

Atualização em 18/05/2011: Excelente entrevista de Jacob Palis às páginas amarelas da Veja – “Temos de acelerar o passo”.

===

A coluna “funcionário do mês” costumava ser publicada todo dia 10 aqui no blog. A partir do início deste ano estive envolvida em projetos que inviabilizaram essa assiduidade e a coluna deixou de ser escrita ao longo do último semestre (daí o título “funcionário do semestre” em lugar de “funcionário do mês”). Este post marca a retomada da coluna. Veja as colunas anteriores sobre a vida e trabalho de importantes cientistas aqui.

Atualização em 25/09/2010: A ciência brasileira, segundo Jacob Palis.

série matemática 6: jornada ao centro de um triângulo

Agosto 7, 2010 § 1 Comentário

Aproveito a ótima dica do Igor Zolnerkevic para retomar a série matemática aqui no blog com a animação Jornada ao centro de um triângulo, de 1977, que mostra como é feita a determinação de diversos tipos de centros (circuncentro, ortocentro etc) em  uma variedade de triângulos.

Veja os demais posts da série matemática aqui.

série matemática 5: Donald no país da matemágica

Fevereiro 2, 2010 § 9 comentários

Uma sequência didática e divertida para a série: Donald no país da Matemática. Uma delícia esse desenho da Disney! E um ótimo recurso didático para aproximar os alunos mais novos do tema. Abaixo a versão dublada e aqui os links para os originais em inglês: parte 1, parte 2 e parte 3. Agradeço ao Joey Salgado pela ótima dica!

série matemática 4: geometria 3D

Janeiro 28, 2010 § 5 comentários

A dica desses vídeos fantásticos veio do @Karl_Ecce_Med. É o melhor exemplo que já vi de divulgação científica + ensino de ciências + história da ciência + aproveitamento pleno da linguagem da mídia em que se transmite a mensagem + beleza + diversão. Perfeito para nossa série matemática.

A geografia e a geometria são duas ciências que estudam a Terra. Etimologicamente, a geografia tenta desenhá-la e a geometria procura medí-la.

Essa frase resume a ideia e o conteúdo do primeiro vídeo. Narrado por Hiparco, traça as relações entre os objetos de estudo da geometria e da geografia. Passando pelos conceitos de esfera, círculos, ângulos, meridianos, paralelos, latitude, longitude, altitude etc, entendemos como a cartografia pode desenhar a esfera terrestre em um plano – a projeção esterográfica.

Tudo isso por meio de imagens 3D, narração precisa e uma trilha sonora deliciosa, que tornam tudo extremamente visível, simples e belo.

A próxima etapa da jornada até a quarta dimensão envolve uma brincadeira com os mosaicos de Escher. O próprio artista holandês narra essa parte da viagem, em que um dos répteis de seu famoso desenho escapa da segunda dimensão e observa, a partir de seu pedestal na terceira dimensão, os demais no plano.

E depois da quarta dimensão, o que vem? Números complexos e fractais,  a relação entre a geometria e a álgebra, caos, topologia, fibração… uff!, é uma longa viagem essa ao longo dos 9 vídeos que compõem a série – e vale muito a pena! Veja por si mesmo:

Vodpod videos no longer available.

Os vídeos acima estão em espanhol – há versões em outras línguas aqui, mas não em português. Já a explicação sobre o projeto está disponível em português aqui.

Não deixe de conhecer os responsáveis por esse trabalho fantástico que, não contentes em produzir esses vídeos espetaculares, ainda reuniram um material explicativo sobre cada um deles, com diversos links e até outros vídeos, e um guia para professores com orientações para o uso didático dos vídeos. Uma preciosidade!

Where Am I?

You are currently browsing the matemática category at ciência na mídia.

%d bloggers like this: