uma visita espontânea à Estação Ciência – parte 4

Julho 4, 2009 § Deixe um comentário

Como disse no post anterior, agora conto um pouco da experiência de um visitante espontâneo que se junta a um grupo escolar com visita previamente agendada à Estação Ciência como forma de conseguir ouvir explicação de algum monitor sobre alguma das exposições.

[ou salte direto pro resumão no outro post]

Cena 1 – Ciências da Terra – Terremoto

Perguntamos a um dos monitores do setor de Ciências da Terra se poderíamos visitar o terremoto. A essa altura já tínhamos incorporado à nossa “equipe” mais uma mãe espontânea com sua filha espontânea. Éramos seis, portanto. O monitor avisou que um grupo chegaria às 12h30 e que poderíamos nos juntar a eles. Assim fizemos.

Sim, pudemos ouvir a explicação. Sim, pudemos entrar na sala que provoca a sensação de terremoto. Sim, nós e as crianças curtimos. Mas antes de qualquer coisa o monitor dirigiu-se à professora do grupo, perguntou o que desejaria que ele explicasse ao grupo, quanto tempo poderia/deveria durar a explicação etc. Os visitantes espontâneos, bicões-de-festa que eram, não pertenciam ao grupo e tinham mais era que se contentar com o enorme favor que se lhes fazia…

Cena 2 – Estação Natureza

A Estação Natureza é composta por uma sequência de seis vagões de trem instalados na área externa da Estação Ciência. No interior da instalação, o visitante obtém informações sobre os biomas brasileiros por meio de vídeos, reproduções sonoras de animais, maquetes, moldes de pegadas etc. A idéia é bem bacana e bem executada dentro do que se propõe.

Mas lembre-se que éramos visitantes espontâneas e para conseguirmos lá entrar tivemos que nos juntar a um grupo. No caso era um grupo de 28 adolescentes acompanhados de sua professora. Some a isso mais uma monitora do museu e seis visitantes espontâneas dentro do mesmo vagão com as traquitanas dos biomas. Qual o resultado?

Esse: um calor desgraçado e uma voz longííííííínqua da monitora vinda lá do fundo, fazendo referência a montagens e vídeos que só a meia dúzia de visitantes mais próximos a ela podiam enxergar.

Minha amiga e eu, uma para a outra: “Não era nessa exposição que deveria ter limite de pessoas por seção?”

Tagged: , , ,

Deixe um comentário ao post

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading uma visita espontânea à Estação Ciência – parte 4 at ciência na mídia.

meta

%d bloggers like this: